APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Democratize-se!

Tarcísio e Haddad disputarão 2º turno ao governo do estado; petista foi mais votado nas periferias de SP

Pela capital, ex-prefeito de São Paulo teve maioria dos votos em boa parte dos bairros periféricos; Tarcisio foi melhor no Tatuapé e Jardim Paulista

Image

Por: Jessica Bernardo

Notícia

Publicado em 02.10.2022 | 21:03 | Alterado em 03.10.2022 | 13:00

Tempo de leitura: 2 min(s)

A disputa pelo governo de São Paulo terá segundo turno. Os candidatos Tarcísio de Freitas (Republicanos) e Fernando Haddad (PT) vão se enfrentar no dia 30 de outubro em busca da vaga pelo Palácio dos Bandeirantes. Os dois foram os mais votados neste domingo e tiveram 42,32% e 35,70% dos votos respectivamente.

O atual governador Rodrigo Garcia (PSDB) teve 18,40% dos votos e ficou em terceiro lugar na disputa. Essa é a primeira vez em 27 anos que o PSDB não ganha uma eleição no estado.

Ex-ministro de Jair Bolsonaro (PL), Tarcísio foi escolhido pelo presidente da República para disputar o estado e mudou o colégio eleitoral do Rio de Janeiro para São Paulo em busca do pleito. A mudança provocou críticas dos adversários durante a campanha, que o acusavam de não conhecer o estado.

Durante as pesquisas de intenção de voto, Tarcísio aparecia em segundo lugar e chegou a ter um empate técnico com Garcia no Datafolha, ganhando tração na última semana, quando se isolou no segundo lugar.

Já Haddad liderou as pesquisas de intenção de voto desde o começo da campanha, em cenário diferente do resultado deste domingo. O petista disputa o governo do estado nestas eleições depois de ter sido candidato à presidência em 2018, quando perdeu para Bolsonaro.

Entre 2013 e 2016, Haddad foi prefeito da capital paulista, saindo do cargo depois que João Doria (PSDB) venceu em primeiro turno em 2016. A rejeição do candidato na cidade nesta época foi apontada pelos adversários durante a campanha eleitoral.

Pela cidade

Nesta eleição, no entanto, Haddad ficou à frente de Tarcísio em 43 zonas eleitorais da capital, registrando 44,38% dos votos válidos da cidade. O ex-prefeito desempenhou bem tanto em distritos periféricos, como Grajaú (60,40%), na zona sul, quanto em regiões mais centrais, como Bela Vista (52,79%), e Pinheiros (41,31%), na zona oeste.

Tarcísio venceu em zonas eleitorais como Tatuapé (42,38%), na zona leste, e Jardim Paulista (38,71%), zona oeste. No total, ele teve 32,56% dos votos válidos na cidade.

A disputa entre Tarcísio e Haddad mostra que ambos conseguiram nacionalizar a campanha estadual, já que seus padrinhos políticos no âmbito nacional também lideravam as pesquisas e devem se enfrentar no segundo turno.

receba o melhor da mural no seu e-mail

Jessica Bernardo

Jornalista, cria de uma família de cearenses. Apaixonada por São Paulo, bolos e banhos de mar. Correspondente do Grajaú desde 2017.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para republique@agenciamural.org.br

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.