APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Papo Reto No Zap

Vídeo é tirado de contexto para parecer que Lula ofendeu negros

Conteúdo que circula desde 2021, na verdade, é uma crítica que o candidato petista fez à elite brasileira

Image

Por: Matheus Oliveira

Verificação

Publicado em 18.10.2022 | 17:55 | Alterado em 20.10.2022 | 12:58

Tempo de leitura: 1 min(s)
Esta verificação foi produzida em parceria com a Lupa e com apoio do WhatsApp WhatsApp_Logo_1

Circula no grupo de WhatsApp de Cidade Tiradentes um vídeo em que, supostamente, o candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirma que “os negros não foram libertados para virar cidadãos e cidadãs, eles deixaram de ser escravos para virar vagabundos”.

Confira a seguir a verificação:

Imagem de um vídeo tirado de contexto sobre Lula ofender negros com a tarja "falso"

Lula diz negros são escravos e vagabundos

– Texto reproduzido do vídeo encaminhado pelo WhatsApp

O vídeo analisado pelo projeto Papo Reto no Zap, embora real, tira de contexto uma fala do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

No trecho completo da entrevista ao site Diário do Centro do Mundo em 2021, Lula faz uma crítica à elite brasileira e descreve o que, na sua interpretação, pensa essa classe sobre a população negra e o acesso aos direitos básicos.

A íntegra da fala do candidato do PT pode ser vista a partir dos 29 minutos: “Aqui no Brasil tem uma classe que é originária do escravagismo nesse país, que ela acha que é o seguinte: só tem que ter 35% da população que come, que viaja, que vai pra Miami (…). O restante, sabe, tem que se lascar. Desde a proclamação da República, desde o fim da escravidão, eles pensam assim: os negros não foram libertados para virar cidadãos e cidadãs, eles deixaram de ser escravos para virar vagabundos, que é assim que a elite tratava eles e continua tratando até hoje”.

O material circula desde 2021 e já foi verificado pela Lupa. Em 2022, o Projeto Comprova e o Estadão Verifica também publicaram checagens sobre esse tema.

receba o melhor da mural no seu e-mail

Matheus Oliveira

Bairrista até no nome, Matheus de Souza é jornalista. Com a intuição de que a comunicação vai além das palavras, busca a evolução ao som de muita música brasileira. Correspondente de São Mateus desde 2017.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para republique@agenciamural.org.br

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.

Nenhum campo encontrado.