APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

apoie@agenciamural.org.br

Agência de Jornalismo das periferias
32xSP

Subprefeitura de Ermelino Matarazzo faz pesquisa sobre expansão de comércio​

Em publicação via rede social, administração pergunta quais novos locais poderiam ser abertos na região; população cobra serviços básicos​

Image

Por: Redação

Publicado em 10.01.2020 | 19:57 | Alterado em 10.01.2020 | 19:57

Tempo de leitura: 2 min(s)

O que você gostaria para o seu bairro? A subprefeitura de Ermelino Matarazzo, no extremo leste da capital paulista, fez essa pergunta aos moradores via Facebook. A publicação sugeriu à população quais poderiam ser as opções de novas lojas e locais para comer, mas os moradores foram para além dos estabelecimentos e apontaram serviços prioritários na região.

O post feito no último dia 4 teve mais de 150 comentários. Nele, os ermelinenses solicitam demandas como: melhorar a manutenção de ruas e praças, ter mais acesso à cultura e esporte, além de assegurar também oportunidades de emprego e segurança.

LEIA MAIS
Gratuidade é o que mais atrai o paulistano para eventos culturais em SP

A moradora Cláudia Riveiro lamenta, por exemplo, a falta de espaços culturais. “Acredito que através da cultura, educação e esportes os jovens podem se envolver menos com o crime e assim reduzir a violência”, escreveu na rede social. 

De acordo com o Mapa da Desigualdade, realizado pela Rede Nossa São Paulo, Ermelino Matarazzo é um entre os 23 distritos dos 96 da  capital paulista que não contam com equipamentos culturais.

Quando o assunto é esporte, a pesquisa indica que Ermelino Matarazzo tem cinco equipamentos esportivos públicos, o que equivale a uma média de 0,42 a cada 10 mil habitantes. O índice é dez vezes menor do que o de Pari, onde há o maior número de locais públicos para a prática esportiva.

Para a moradora Elizabeth Moreira, a subprefeitura deveria priorizar o saneamento básico  antes de pensar em expandir o comércio. “Moramos na beira de um córrego que poderia ser feito canalizado. Vivemos no meio de infestação de ratos e insetos”, propôs.

De acordo com assessoria da subprefeitura de Ermelino Matarazzo, todas as demandas estão sendo avaliadas e, as mais relevantes, serão encaminhadas diretamente ao subprefeito Flávio Ricardo Sol. 

A pesquisa com moradores foi realizada somente pelo Facebook e os dados obtidos a partir das respostas não estão sendo tabulados.

Ermelino Matarazzo, uma das muitas quebradas da zona leste da cidade

receba o melhor da mural no seu e-mail

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para republique@agenciamural.org.br

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.

PUBLICIDADE