APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Democratize-se!

Eleições em Itapecerica da Serra: quem são os candidatos em 2020

Situada no sudoeste da Grande São Paulo, a cidade com 119 mil eleitores tem nove candidatos na disputa da Prefeitura; dentre eles os atuais prefeito e vice-prefeito

Image

Por: Ira Romão

Notícia

Publicado em 14.11.2020 | 7:42 | Alterado em 16.11.2020 | 11:14

Tempo de leitura: 2 min(s)

Neste domingo (15) o candidato Doutor Nakano (PL) foi eleito prefeito de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. Ele recebeu 47,8% dos votos válidos e superou o atual prefeito Jorge da Costa (PTB), que obteve 25,56%. Jonas Donizete (Avante) ficou em terceiro com 12% dos votos. Por haver menos de 200 mil eleitores, o município não tem segundo turno. 

QUEM DISPUTOU A ELEIÇÃO

As eleições em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, têm nove candidatos na disputa pela prefeitura. Para a Câmara dos Vereadores, 283 políticos buscam uma das 12 vagas no legislativo. A cidade de 119 mil eleitores vota em 15 de novembro. 

Image

Itapecerica fica na região sudoeste e tem eleição com dez candidatos @Divulgação

Eleito em 2016, o prefeito Jorge Costa (PTB) busca a reeleição com o apoio de oito partidos. Ele marca presença nas eleições municipais desde a década de 1990 e está cumprindo o quarto mandato no comando do município. Assumiu a prefeitura após ser eleito vice em 1989. Foi foi eleito prefeito mais três vezes em 2004, 2008 e 2016. Seu candidato a vice é o vereador Ramon Corsini (PSDB). (Proposta de governo registrada por Jorge Costa)

Entre os adversários está o vice-prefeito Prof. Paulinho (DEM) que conta com três partidos na coligação. Doutora Tamara (PSB) é a candidata a vice. (Proposta de governo registrada por Prof. Paulinho)

Quem também está na corrida eleitoral é o ex-prefeito Prof. Erlon Chaves (PMN) com a candidata a vice Vovó Cida (PMN). Ele comandou a cidade em 2012 e não conseguiu se reeleger em 2016, ficando na quinta posição entre os adversários. 

Nesta disputa, Erlon Chaves teve sua candidatura indeferida com recurso, mas seu nome e foto constam na urna. (Proposta de governo registrada por Prof. Erlon Chaves)

Dentre as candidaturas, apenas uma é encabeçada por uma mulher. Ela é Kátia Trindade (PSOL) que escolheu para vice Mariana Busatta, da mesma legenda.  (Proposta de governo registrada por Kátia Trindade)

O vereador Professor Jonas Feijó (PSD) também está disputando o comando da cidade ao lado de Leda Aschermann (PV). (Proposta de governo registrada por Professor Jonas Feijó)

O PL lançou Doutor Nakano que nas eleições passadas amargou o segundo lugar pelo PDT e, em 2012, foi vice-prefeito pelo DEM na chapa de Erlon Chaves. Seu candidato a vice é Rafael (Pode).  (Proposta de governo registrada por Doutor Nakano

A escolha do PT para a corrida eleitoral foi o Professor Elias. Em 2016, ele disputou a prefeitura pelo PSOL e obteve o terceiro lugar. O vereador Pastor Ernandes, também do PT, é o candidato a vice. (Proposta de governo registrada por Professor Elias)

Encerram a lista, Djalma Almeida (DC) com Richad do Turismo vice. (Proposta de governo registrada por Djalma Almeida) e Jones Donizette (Avante), cujo vice é Adilson Hengles. (Proposta de governo registrada por Jones Donizette). 

A campanha começou oficialmente em 27 de setembro e os candidatos podem gastar pouco mais de R$ 542 mil para fazer campanha. 

VEJA TAMBÉM:
Veja quanto podem gastar candidatos a prefeito e vereador na Grande SP.
Confira a cobertura das eleições 2020 nas periferias da Agência Mural

receba o melhor da mural no seu e-mail

Ira Romão

Jornalista, fotojornalista e apresentadora de podcast. Atuou em comunicação corporativa. Já participou de diferentes projetos como repórter, fotógrafa, verificadora de notícias falsas e enganosas. Foi uma das apresentadoras do ‘Em Quarentena” e da série sobre mobilidade nas periferias. Ama ouvir histórias, dançar, karaokê e poledance. Correspondente de Perus desde 2018.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para republique@agenciamural.org.br

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.